Thursday, March 27, 2008

Pela boca morres tu!

Companheiros de "pandega",

É quinta feira! É dia de crónica!

Esta semana, sem perder a piadola e o humor, toquei num assunto que me é sensivel e que quem me conhece com atenção e cuidado sabe que é verdadeiro. Tratei o tema com cuidado porque me é bastante emotivo e reactivo... bastante... foi uma espécie de catarse, vá lá.

Fiquem com um pedaço para aguçar o apetite:

"A “irritação” é um estado emocional, ou de espírito, que provêm maioritariamente de distorções ou más interpretações pessoais de certas coisas. Por exemplo, pode-se dizer “Aquele gajo irrita-me”, sendo que aquele “gajo” pode não irritar à pessoa a quem isto foi dito, muito menos à sua própria mãe. Pode-se dizer ainda “Irritam-me filmes longos” mas é importante pensar que há um realizador que fez o filme assim e a quem este não irrita de certeza. Deixe-se lá o Manoel de Oliveira em paz, se faz favor. Esta dualidade, este carácter pessoal de uma “irritação” leva-me a falar da minha, porque sim, eu tenho uma irritação especial e pessoal. Há quem tenha sinais de nascença ou caracóis, eu tenho uma irritação. E quero partilha-la com vocês, porque me sinto o único no mundo que a adoptou."

Quero, em jeito de despedida, deixar a "dica" que a expressão "aguçar o apetite" usada neste post, não foi escolhida ao acaso...

Que deus vos acompanhe...

Ou então a minha crónica...

www.stand-upmagazine.com

=)

hug,
gui

3 comments:

bill said...

Lá vou eu ler então...

Gui said...

=) hope you enjoy!

hug,
gui

susana said...

Olha lembri-me de outra coisa que me irrita...
As pessoas que mascam pastilha de boca aberta. lol